06/08/2020

Now it's Edw... Não, pera.

A minha cabeça anda numa agitação danada porque resolvi adiantar várias coisas que eu geralmente deixo para fazer em dezembro, mas que em dezembro eu não quero mais fazer para não passar o fim do ano nessa mesma agitação danada.

*

Comecei a ler Sol da Meia-Noite e não estou achando a leitura tão terrível assim. Se alguém tiver curiosidade de saber como é o POV do Edward, pelo o que pude perceber a Stephenie Meyer não reescreveu aqueles capítulos do livro que vazaram na internet anos atrás (sim, eu já tinha lido os capítulos vazados antes das notícias sobre o lançamento real oficial de Midnight Sun e não tenho desculpas para isso).

Eu queria fazer um diário de leitura de Sol da Meia-Noite aqui no blog, mas não rolou (inclusive, e nada a ver, amo o cabelo da Bella no primeiro filme).

*

Lendo as resenhas negativas de um livro que eu ainda estou pensando se quero ler, me deparei com este comentário apuradíssimo (de uma usuária chamada chai) que explica bem o porquê de os homens da vida real estarem cancelados para mim: "I blame these kind of books for making me expect men to be dynamic instead of the boring and underdeveloped flavor most of them come in".

*

Fui comprar umas calcinhas na internet e lendo as avaliações do produto me deparei com este comentário: "ótima para senhoras, minha mãe adorou". Ainda não sei o que pensar sobre o meu gosto para roupas de baixo ser descrito como ótimo para senhoras.

22/07/2020

Aquele post em que eu falo de tudo um pouco

Nos primeiros meses do ano o rio que passa pela minha cidade estava super seco por falta de chuva, aí teve o ciclone, e agora já faz um mês que o inverno começou e as temperaturas andam bem altas para a estação. O aquecimento global me deixa triste. E com medo.

*

Depois de muita força de vontade, terminei de ler o pior livro da vinha vida, vulgo O Conto do Destino. Pensando pelo lado positivo, agora eu tenho um suporte para deixar o monitor do meu trabalho mais alto.

*

Consegui dar um jeito na minha amizade tóxica, mas não foi bem como eu esperava. Bloqueei a pessoa no WhatsApp e deletei o número dela dos meus contatos. Menos de cinco minutos depois me arrependi e desbloqueei a pessoa, mas aí eu já não tinha mais o número dela para tentar terminar tudo de maneira cordial e ela também nunca mais me mandou áudios de mais de seis minutos só com reclamações mensagem nenhuma. Acho que ela deve ter desconfiado de alguma coisa, não sei. Pelo menos consegui o que eu queria.

*

Comecei a pensar nos livros que eu tenho vontade de ler só por causa do título, e acabei fazendo uma lista:
  • Se você me chamar eu largo tudo... Mas por favor de chame
  • Tudo que você e eu poderíamos ter sido se não fôssemos você e eu
  • A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida
  • Eu terei sumido na escuridão
  • Um dia essa dor será útil
  • And every morning the way home gets longer and longer
*

Falando sobre livros, então...